quinta-feira, 11 de maio de 2017

BRASIL

SP:Doria diz que Cracolândia vai


 acabar 'muito antes' do fim do seu 


mandato

Cracolandia São Paulo detidos (Foto: Reprodução/TV Globo)
Cracolandia São Paulo detidos (Foto: Reprodução/TV Globo)




O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quinta-feira (11) que vai acabar com a Cracolândia "muito em breve", "muito antes" de seu mandato, que vai até dezembro de 2020, chegar ao fim. O tucano também defendeu a ação da Guarda Civil Metropolitana (GCM), que nesta quarta (10) invadiu a área tomada por usuários e traficantes de drogas para recuperar um celular furtado.  

"Importante registrar que Prefeitura, governo do estado e governo federal estão juntos nessa ação e a Cracolândia tem prazo determinado para acabar", disse Doria.
Questionado sobre quando seria esse prazo, Doria disse que "muito em breve". O prefeito promete acabar com o problema da Cracolândia, que afeta a cidade há pelo menos doze anos, "muito antes do mandato acabar".
Ele garantiu que ainda no primeiro semestre deste ano dará início ao programa "Redenção", que vai substituir o atual "Braços Abertos", criado na gestão de Fernando Haddad (PT). 
Segundo Doria, não houve nenhum tipo de excesso por parte dos agentes da GCM na ação, que terminou em confronto nas ruas do Centro da capital. "A Guarda é feita para guardar, proteger e fazer segurança às pessoas em qualquer parte da cidade", disse. "Ela fez o que tinha de fazer", completou. "Aqui não tem território sob domínio de facção criminosa. Guarda frequenta qualquer quarteirão da cidade de São Paulo."  
Imagem mostra homem armado na Cracolândia (Foto: Reprodução/ TV Globo)
 A  imagem mostra homem armado na Cracolândia (Foto: Reprodução/ TV Globo)

A data exata para o começo do projeto, que envolve diferentes órgãos da Prefeitura, governo do estado e polícias militar, civil e federal, não foi divulgada por uma questão de estratégia, conforme alega Doria. De acordo com ele, os criminosos que atuam na região poderiam se beneficiar da informação.
"Agora São Paulo tem comando. Antes, achava-se que isso [criminalidade] fazia parte da naturalidade do chamado Braços Abertos. Agora, nós só teremos braços abertos para pessoas de bem. As pessoas de mal terão portas da cadeia abertas", afirmou Doria. 



Fonte: G1